Cidadãos vão poder denunciar irregularidades nos projectos

As denúncias vão ser tratadas de forma confidencial e restrita através de um canal na internet.

413
COMPARTILHE

De acordo com o ministro Manuel Tavares de Almeida, as denúncias vão ser tratadas de forma confidencial e restrita através de um canal na internet que será o veículo de interacção entre o Ministério, representando o poder público, cidadãos e os empresários”, disse o ministro.

Na sua apresentação aos funcionários, no mês passado, o ministro prometeu acabar com o excesso de burocracia, porque, na sua opinião, tem complicado a vida dos cidadãos e dos empresários. O ministro prometeu também acabar com as atitudes de prepotência e arrogância dos servidores públicos, para que o trabalho seja feito com maior responsabilidade. Na altura, Manuel Tavares de Almeida disse que, por enquanto, “os aspectos técnicos não são as principais preocupações”. “Vamos começar a constatar algumas transformações em relação às atitudes das pessoas.

Vamos investir naquilo que é possível fazer sem recursos financeiros, conversando, buscando consenso, compromissos,  para que o nosso trabalho seja feito com sentido de responsabilidade, enquanto servidores públicos”, disse o ministro, que considerou primordial a aposta na qualificação dos recursos humanos.

Para melhor aproveitamento dos funcionários, o ministro disse que vai procurar distribuir os quadros de acordo com as suas competências de modo a garantir eficiência nos resultados que o ministério deve apresentar no exercício das suas funções. “Devemos trabalhar como uma equipa unida e coesa, com os mesmos objectivos” disse!

O ministro, reconheceu a competência e experiência dos quadros do Ministério para levar a bom porto os desafios do sector. No entanto, considera que cada quadro, no seu posto de trabalho, deve engajar-se com afinco nas tarefas sob a sua responsabilidade, cumprindo com o slogan “melhorar o que está bem e corrigir o que está mal.”

 

COMPARTILHE