Angola e Itália formam novas parcerias de investimentos

Angola está aberta ao investimento italiano, no quadro do reforço da cooperação bilateral, informou nesta segunda-feira, em Luanda, o Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

181
COMPARTILHE

Ao discursar na conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni, o Presidente da República falou da necessidade de haver médias e pequenas empresas italianas a investirem em Angola contribuindo para a diversificação da economia nacional.

João Lourenço salientou que o Executivo tem estado a apoiar a estas pequenas e médias empresas italianas .

De recordar que a Itália foi o primeiro país da Europa Ocidental a reconhecer a Independência de Angola, no dia 18 de Fevereiro de 1976 e, a 4 de Junho do mesmo ano, estabeleceram-se relações diplomáticas entre os dois Estados.

Angola é o terceiro parceiro comercial da Itália na África subsaariana. Em 2013 o valor do comércio entre os dois países cifrou-se em 891 milhões de Euros, 348 milhões dos quais feitos através das exportações Italianas.