Marcada para amanhã manifestação contra ‘altos preços’ da TAAG para Lunda-Norte

Cidadãos saem à rua para reclamar dos preços da TAAG

141
COMPARTILHE

Está marcada para 3 de Fevereiro, a manifestação contra o aumento do preço do bilhete de passagem da Linhas Aéreas de Angola (TAAG), a transportadora de bandeira. Os manifestantes alegam que os actuais preços ‘não correspondem ao nível de vida das populações da Luanda-Norte’, numa altura em que a transportadora MACON (empresa privada de transportes rodoviários de passageiros) deixou de operar naquela circunscrição do País devido ao ‘péssimo estado das estradas’.

Roberto da Conceição, um dos promotores da manifestação, afirmou que “a passagem, ida e volta, do Dundo para Luanda tem agora o custo de 84 mil Kz, contra os anteriores 34 mil Kz. Lê-se na carta enviada ao governador local, Ernesto Muangala, de que o Vanguarda teve acesso, que a manifestação terá início às 13 horas, no campo adjacente à Escola Superior Pedagógica da Luanda-Norte, passará pela avenida D.r António Agostinho Neto, rua do Museu do Dundo, Rotunda do Capocha, Zona Comercial até à parte exterior da delegação da TAAG. “De forma ordeira os organizadores irão depositar a petição de repúdio aos altos preços praticados pela TAAG”, lê-se na carta.

COMPARTILHE