Adesão à greve de professores é de 90%

Segundo declarações do presidente do SINPROF, Guilherme Silva, a greve iniciada ontem pelos professores conta com uma adesão de 90%.

88
COMPARTILHE

A greve que começou ontem e promete durar mais 15 días, superou todas as expectativas, e mesmo em províncias como o Huambo, de Benguela, do Bié, do Kuando Kubango e Muxico que em 2017 tiveram pouca aderência, este ano superaram os 50%, afirma o presidente do Sindicato Nacional de Professores.

Esta greve manifesta não só a insatisfação do sindicato com a desaprovação do novo Estatuto da Carreira Docente mas também rejeita a estratégia do Ministro da educação de admitir novos professores através de concurso público.

O presidente do Sindicato Nacional de Professores afirmou ainda que o comunicado enviado pelo Ministério da Educação, o qual apelidava os professores de antipatriotas, fortaleceu a união dos mesmos que neste momento sentem-se desrespeitados.

 

COMPARTILHE