Mark Zuckerberg é ouvido no congresso dos EUA

O multimilionário mais jovem do mundo senta-se esta terça e quarta-feira no Congresso dos EUA para responder acerca dos uso e a protecção dos dados de usuários da rede social

172
COMPARTILHE

Mark Zuckerbeg, CEO do Facebook depôs ontem, terça-feira, por mais de cinco horas numa audiência no Senado dos Estados Unidos. Hoje, quarta-feira, será ouvido no Congresso norte-americano para explicar o que se passou com os dados dos 87 milhões de utilizadores que foram usados indevidamente pela Cambridge Analytica e que, mais uma vez voltaram colocar as políticas de privacidade do Facebook em destaque.

Quando o escândalo da Cambridge Analytica tornou-se público, Zuckerberg demorou cerca de quatro dias a pronunciar-se, com o seu silêncio a ser ampla e publicamente criticado. “Houve uma quebra de confiança entre o Facebook e as pessoas“,  disse no primeiro post que escreveu sobre o assunto e onde admitiu “que se não conseguia proteger os dados dos utilizadores, então não merecia servi-los”.

Contudo, Mark Zuckerbeg afirmou no Senado ser responsável pela situação e pediu desculpas prometendo reforçar a segurança da rede social.