Argélia decreta três dias de luto nacional

Já é considerado o maior desastre aéreo na Argélia. Segundo a imprensa internacional 257 pessoas morreram depois de um avião militar se ter despenhado perto do aeroporto de Boufarik, a cerca de 30 quilómetros de Argel, a capital do país.

171
COMPARTILHE

Entre as vítimas estão soldados, familiares dos militares, elementos da tripulação e do movimento independentista Frente Polisário, do Sara Ocidental.

O avião de fabrico soviético – um Ilyushin Il-76 – que se dirigia para o sul do país, caiu minutos depois de ter descolado.

“Ouvi uma forte explosão e vi uma densa coluna de fumo. Soube, de imediato, que se tratava de um acidente aéreo e não rodoviário. Quando cheguei ao local do acidente vi corpos por todo o lado. Uma calamidade” refere um testemunha.

Entre os sobreviventes pelo menos uma pessoa que se encontrava na zona agrícola onde o avião se despenhou ficou ferida.

As causas do acidente ainda não são conhecidas porém o governo ordenou abertura de um inquérito e decretou três de luto nacional.

 

COMPARTILHE