Empreiteiros sem qualidade serão afastados de concursos públicos

Segundo a ministra da saúde, Sílvia Lutucuta, todas as empresas de construção civil e de fiscalização que edificam e fiscalizam empreendimentos sanitários sem qualidade serão impedidas de fazer parte dos concursos públicos lançados pelo ministério da saúde.

14
COMPARTILHE

Durante a visita que efectuou às obras do Hospital Regional de Camanongue (Moxico), a ministra constatou irregularidades, como a construção do Banco de Urgência no centro da instituição, além dos acessos e outras questões técnicas.

A titular da pasta disse ainda que, a falta de qualidade das obras e incumprimentos dos parâmetros internacionais deve-se ao facto de as empresas de construção civil “entrarem em acordo” com as de fiscalização para não exerçam o seu real papel de inspectores e representantes do dono da obra.

Por fim, informou que o cenário constatado no município de Camanongue é generalizado no país, razão pela qual prometeu banir dos concursos públicos as empresas que se absterem de corrigir os erros, que deverão ser feitos com recursos próprios.

 

COMPARTILHE