Angosat2: Ministro anuncia construção de novo satélite

O ministro das Telecomunicações e Tecnologia de Informação, José Carvalho Rocha anunciou a construção de um novo satélite angolano, Angosat-2, uma vez que o Angosat-1 encontra-se neste momento inoperacional

145
COMPARTILHE

José Carvalho da Rocha informou ao Jornal de Angola que o novo satélite que começará a ser construído “amanhã” vai demorar pelo menos 30 meses a ser finalizado. Adiantou também que o mesmo terá mais capacidade e será mais sofisticado que o primeiro.

Uma equipa russa do consórcio construtor encontra-se hoje em Luanda para esclarecer o sucedido com o Angosat-1, lançado a 26 de Diciembre de 2017, no cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão e que continua sem estar apto para ser utilizado.

Uma vez que o Angosat-1 possuí um seguro de 121 milhões de dólares que em caso de acidente ou desaparecimento cobre na sua totalidade todos os custos de substituição, a construção do novo equipamento não terá qualquer custo para Angola.

De momento, até que o Angosat-2 esteja concluído a Rússia irá fornecer a Angola uma  216 Megaheartz na Banda C e 216 Megaheartz na Bana Ku.

Apesar da confirmação da inactividade do Angosat-1, o ministro José Carvalho da Rocha garante que Angola avançará com a construção de mais satélites uma vez que o país entrou numa era espacial da qual não pretende sair.