Caboverdianos podem fazer transferências em euros

As recentes alterações legislativas em Cabo Verde visam a livre circulação do escudo cabo-verdiano com o euro

120
COMPARTILHE

Os cabo-verdianos ou não residentes no país vão poder abrir contas bancárias e fazer transações em moedas estrangeiras, uma medida que entrará em vigor “nos próximos dias”, revelou à Lusa o primeiro-ministro de Cabo Verde.

No final da sua participação no Horasis Global Meeting em Lisboa, Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde, falou sobre as mais recentes alterações legislativas que procuram a livre circulação do escudo cabo-verdiano com o euro: “Liberalizámos as operações cambiais para permitir uma maior liberdade de circulação de capitais. O que eliminámos foi barreiras administrativas para concretizar o que já hoje é uma realidade”.

Ulisses Correia e Silva afirmou ainda que “um país pequeno como o nosso tem que ser necessariamente um país aberto, onde as operações possam ser feitas com segurança, mas também com facilidade”, afirmou