Capa da Vogue Arábia causa controvérsia

No mês em que deixa de ser proibido as mulheres conduzirem, a Vogue Arábia é ilustrada na sua capa por uma princesa saudita ao volante de um descapotável.

175
COMPARTILHE

“Driving Force” (ou “Força Motriz”) é o título da revista, alusiva à suspensão da lei que proíbe as mulheres de conduzirem, e que entra em vigor a 24 de junho.

Na capa encontramos a imagem da princesa Hayfa Bint Abdullah al-Saud ao volante de um descapotável vermelho, com umas luvas em pele e de saltos altos ilustra o último número da revista, que dedica diversas páginas às “mulheres pioneiras da Arábia Saudita” e elogia as reformas lançadas pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman que tem procurado diminuir as restrições sociais, segundo o The Guardian.

A capa surge num momento de tensão e foi criticada por ativistas que protestaram contra a detenção de 11 mulheres  que lutam pelo direito a poderem conduzir e pelo fim da tutela dos homens sobre as mulheres, em maio.  Segundo a Amnistia Internacional, quatro delas foram libertadas na semana passada, mas nada se sabe sobre o paradeiro das restantes.

COMPARTILHE