Diversificação da economia requer boas práticas da actividade inspectiva – Frederico Cardoso

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Frederico Cardoso, disse esta quinta-feira, em Luanda que o sucesso da estratégia para diversificação da economia e o fomento das exportações requerem a observância de boas práticas na actividade inspectiva.

48
COMPARTILHE

Para o governante, as boas práticas constituem valores agregados à melhoria do ambiente de negócios, da produtividade e da competitividade.

Falando durante abertura do workshop sobre “A contribuição da acreditação para o aumento da confiança na actividade inspectiva”, numa promoção do Instituto Angolano de Acreditação do Ministério da Indústria, Frederico Cardoso, reconheceu existir ainda muitos desafios a enfrentar e a vencer por Angola para que tenha lugar a sua integração numa região com um mercado de cerca de 300 milhões de habitantes.

No seu entender, adesão de Angola à Zona de Comércio Livre Continental, o estabelecimento de um sub-sistema de avaliação da conformidade, que seja transparente e desenvolvido de acordo com os requisitos regionais e internacionais, constitui um pressuposto importante para a sua inserção gradual e Lena neste mercado regional cada vez mais pujante e dinâmico.

COMPARTILHE