Parte da minha fortuna fiz em Angola – Álvaro Sobrinho

O antigo presidente da Comissão Executiva do Ex - Banco Espírito Santo (BESA), Álvaro de Oliveira Madaleno Sobrinho, afirmou ter feito a maior parte da sua fortuna em Angola.

79
COMPARTILHE

Falando ao programa “Grande Entrevista” da Televisão Pública de Angola (TPA), o antigo gestor do Ex – BESA, hoje Banco Económico, fez saber quando questionado sobre de onde veio a sua fortuna, que para além dos mercados de capitais internacionais, onde fez várias aplicações, a maior parte da sua riqueza foi feita no mercado angolano.

“Sim, eu na qualidade de presidente da Comissão Executiva tinha uma participação de 3 por cento de todos os resultados do banco e, com isso fiz várias aplicações, obviamente”, disse Sobrinho.

Segundo o empresário que neste momento reside em Luanda, o que fez só foi aproveitar as oportunidades que o mercado angolano lhe deu, tendo dito que a mesma foi expatriada de forma legal, mas que agora pretende repatriar tudo que tem e reinvestir no mercado nacional em áreas como da saúde, agricultura e turismo.

“São essas as áreas que me parecem ser mais rentáveis”, disse acrescentando que não investe para perder dinheiro.

“Eu gosto de ganhar dinheiro e ainda bem porque empresas falidas não são saudáveis e para progredir, temos de apresentar resultados positivos”, considera.

COMPARTILHE