PN vai proibir agentes de interceptar mais do que uma viatura em simultâneo

A polícia Nacional garantiu hoje que vai proibir, "terminantemente", os agentes reguladores do trânsito de interceptar mais do que uma viatura em simultâneo, "sem excepções", e a retenção da licença de condução do automobilista "sem emissão de nota de multa".

27
COMPARTILHE

A denominada “medida de prevenção e combate à corrupção no domínio do trânsito” consta da Estratégia de Prevenção e Correcção de Comportamentos Ilícitos dos Efectivos da Polícia Nacional, apresentada hoje, em Luanda, capital do país.

No domínio da fiscalização rodoviária, as autoridades angolanas propõem-se também a promover a rotatividade dos agentes do trânsito, argumentando que não podem ser escalados para os mesmos locais mais do que uma vez por semana.

“A permanência no mesmo posto cria condições óptimas de familiarização com automobilistas que frequentam a via, com todas as implicações daí decorrentes. A familiarização inibe o agente de actuar com transparência e isenção”, adianta.

O documento, elaborado pelo Comando Geral da Polícia angolana, foi apresentado na abertura das celebrações dos 43 anos da corporação, cerimónia que teve lugar no Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais de Angola, em Luanda.

“Obrigar” o agente regulador de trânsito a produzir uma informação diária sintetizada, fazendo menção das principais ocorrências verificadas no seu posto, incluindo o número de multas aplicadas, constam também das medidas a aplicar em Angola.

COMPARTILHE